Cesul

Imprensa Notícias

Encerrada a quarta turma do curso de Ciências Forenses do Cesul

  • Google Plus
  • Pinterest
Publicado em

A cada ano aumenta a procura pelas inscrições: há alunos de toda a região.

O encerramento foi no estande de tiro do 21º Batalhão da Polícia Militar e os participantes puderam manusear armas de fogo de diferentes calibres.

O encerramento foi no estande de tiro do 21º Batalhão da Polícia Militar e os participantes puderam manusear armas de fogo de diferentes calibres.

Uma das atividades extracurriculares mais visadas que o Cesul (Centro Sulamericano de Ensino Superior) realiza durante o ano é a de extensão em Ciências Forenses, também conhecido como Criminalística. A cada edição intensifica-se a procura por vagas, não apenas de acadêmicos da instituição, mas, também, por profissionais de diversas áreas. O curso iniciou em abril e teve 13 encontros, sendo quinzenais, aos sábados, com a participação de 60 inscritos.

Alunos aprovam
O curso, para toda comunidade que quer conhecer o processo de Perícia, tem apresentado bons resultados e é notória a satisfação dos que participam. “Traz a experiência de estar conhecendo uma área que poucos têm 0interesse, com exposição e várias técnicas de investigação criminal, em balística e arma branca. Eu, como estudante de Direito, afirmo que o curso vem agregar conhecimento a várias matérias como: Criminologia e Direito Penal. Recomendo a todos, pois aponta um olhar que todos os juristas e advogados deveriam conhecer para entender o funcionamento de técnicos que vêm auxiliar no nosso trabalho”, salientou Cristiane Sutil, acadêmica do segundo período de Direito do Cesul.
Diversos profissionais e alunos, das mais diferentes áreas de atuação, buscam fazer o curso. “Com o objetivo de agregar conhecimento na atividade pericial, optei por fazer o curso em razão das referências que recebi. Atuo como perita judicial e extrajudicial há algum tempo e utilizo conceitos e informações que adquiri no curso. As aulas foram bem elaboradas, os professores excelentes, os conceitos e conteúdos apresentados atuais e de ótimo nível. Achei muito úteis as informações repassadas”, enfatizou Lyana Novakoski Bellé, perita judicial da empresa Forense Perícias, de Francisco Beltrão.

Parcerias
A realização foi em parceria com a Polícia Científica, através do perito Patrick Alysson de Souza e Silva, chefe do Instituto de Criminalística de Francisco Beltrão e do dr. Irno Francisco Azzolini, chefe do IML (Instituto Médico Legal). “Participaram profissionais de diferentes áreas de formação, de toda região Sudoeste do Paraná e Oeste de Santa Catarina. Foi uma oportunidade de conhecerem a teoria e a prática dos trabalhos periciais, ministrado por especialistas em suas atuações podendo, assim, demonstrar a realidade fática da produção da prova. A aula final foi realizada nas dependências do estande de tiro do 21º Batalhão de Polícia Militar e os participantes puderam manusear armas de fogo de diferentes calibres. Fica o convite para a próxima edição, que será em 2020. Informações e reservas de vagas poderão ser feitas na secretaria do Cesul”, comentou Patrick.

O médico dr. Irno Azzolini reforça a importância do curso. “Proporciona aos alunos um contato muito bom com a área pericial criminal, dando base para melhor desempenho de suas profissões”.

  • Google Plus
  • Pinterest

46. 3524 4242 | contato@cesul.br
Av. Antônio de Paiva Cantelmo, 1222 - Centro
Francisco Beltrão - PR